A grande maioria das mulheres sonha em ter o bumbum perfeito para que assim, a calça vista melhor, seja possível desfilar pela praia ou piscina de biquíni com mais confiança. E nesta busca, encontrar os exercícios para treinar glúteos que apresentam bons resultados, se torna a melhor opção.

Mas será que realmente existem exercícios que tem essa capacidade sem que haja intervenção cirúrgica?

Entenda um pouco mais sobre o assunto agora e descubra quais são de fato, aqueles exercícios para treinar glúteos femininos.

exercicios-para-treinar-gluteos

1 – Agachamento – um dos melhores exercícios para treino de glúteos de todos os tempos

Quem é que nunca fez uma sessão de agachamento na academia que levante a mão. O agachamento está no topo da lista de exercícios para treinar glúteos.

E não é para menos, pois o agachamento é um exercício mais do que completo. Ele trabalha ao mesmo tempo um grande grupo de músculos inferiores. Além disso, ele também é capaz de trabalhar alguns músculos abdominais.

Existem diversas variações do exercício que pode ser feito tanto na barra quanto de forma livre.

E o que importa mesmo é que a sua execução seja feita corretamente. Por isso, aqui vai uma dica especial, utilize um peso que force o trabalho de suas pernas, mas que também permita que você realize o movimento completo.

Não se esqueça de que o peso não deve ser jogado nos joelhos, mas sim nas pernas e glúteos. Contrair estes grupos musculares durante a execução, também se torna uma ótima opção.

Agachamento na barra com suporte x livre – qual a melhor opção  para treino de glúteos feminino?

 

Ambos os exercícios são eficientes, no entanto, eles possuem suas variações.

Para quem está começando, o agachamento na barra com suporte é a melhor alternativa, uma vez que tem a capacidade de orientar o movimento.

Já o agachamento livre, que é considerado um dos melhores exercícios para treinar glúteos, é recomendado para quem já tem experiência, pois exige mais esforço e também trabalha o equilíbrio.

 

2- Avanço – impossível de não deixar seu bumbum mais bonito

 

O avanço é um dos exercícios isométricos para glúteos. Para quem não sabe, exercícios isométricos são aqueles que trabalham de forma isolada cada parte do corpo. Assim, ele permite um treinamento mais intenso de cada parte do seu bumbum.

É um tipo de exercício que pode ser executado de várias formas: na barra guiada, na barra livre, com halteres, andando com caneleiras… Ou seja, suas variações são muito boas.

Não existe uma variação melhor ou pior do exercício, o fato é que estas variações não permitem que o seu corpo se “acostume” com o treino, o que seria ruim, pois os ganhos acabariam sendo bem menores.

 

3- Ponte deslizante – fortaleça seu quadril e deixe seu bumbum empinado

 

Este é um ótimo exercício para quem deseja fortalecer os glúteos mas também alguns músculos inferiores das costas.

Trata-se de um dos melhores exercícios para treinar glúteos pois é completo. Além disso, sua realização é ainda mais simples (mas não menos eficaz) do que os outros exercícios.

Para que o exercício ganhe maior intensidade, é possível colocar em cima dos quadris uma anilha. O peso ideal será escolhido por você. Lembre-se de que esse peso deve permitir que você faça o movimento mas fazendo com que os seus músculos se esforcem.

4- Quatro apoios – execute-os como um dos melhores exercícios para treinar glúteos

 

Os quatro apoios também é um exercício isométrico que permite um maior trabalho dos seus glúteos.

Ele pode ser realizado de forma livre, o pulôver ou então, com as caneleiras. Contudo, alguns especialistas recomendam que este exercício seja feito com a máxima atenção, pois sua execução inadequada faz com que outros músculos, que não os dos glúteos, sejam trabalhados, e este não é o objetivo.

O ideal então, é realizar movimentos conscientes que façam com que você sinta que o músculos dos glúteos realmente está sendo trabalhado.

A dica aqui, é não focar muito no peso, mas sim na execução, embora o exercício com pouca carga pode não trazer os resultados esperados.

5- Cadeira abdutora – uma ótima alternativa

 

Mais um dos melhores exercícios para treino de glúteos pode ser realizado na cadeira abdutora.

Sendo assim, é preciso desenvolvê-lo de forma consciente de modo que ela pegue todos os músculos. O exercício irá trabalhar com a parte superior do glúteo, portanto, no momento da execução, é preciso que você sinta bem esse local.

A dica aqui é não se concentrar muito na carga, mas sim na execução, prestando à atenção se você não está jogando a força para outros membros.

6- Stiff – o segredo das misses bumbum

 

Não poderíamos terminar este artigo sem falarmos deste, que realmente irá fazer toda a diferença e é considerado também um dos melhores exercícios para treinar glúteos.

Assim como o agachamento e o avanço, o stiff também pode ser trabalhado tanto na barra guiada, quanto na barra livre.

A diferença, como você já deve imaginar, é o equilíbrio e força. Para começar então, você poderá executá-lo na barra guiada.

Não se esqueça que o movimento deve ser realizado com os joelhos levemente flexionados. Existe também uma variação do movimento onde além de descer a barra até a ponta dos pés, ao subi-la, você deve trabalhar os músculos dos glúteos colocando mais força no quadril e o inclinando para frente.

exercicios-para-treinar-gluteos

Não se esqueça da combinação agachamento, avanço e stiff que são os melhores exercícios para treino de glúteos

 

Se mesmo diante desta lista de exercícios para treinar glúteos você não souber por onde começar, aqui vai uma dica especial.

A combinação dos exercícios agachamento, avanço e stiff no mesmo treino pode trazer ótimos resultados.

Lembrando que quando você treina glúteos, você na verdade, está treinando os membros inferiores. Sendo assim, outros exercícios estarão inclusos nessa lista como a mesa flexora, treino para panturrilhas, entre outros exercícios.

Como ter bons resultados com exercícios para treinar glúteos

Para ter bons resultados, é importante que você tenha disciplina nos seus treinos e uma alimentação equilibrada, baseada em proteínas, vitaminas e nutrientes importantes para o crescimento muscular.