Está querendo saber quais são os melhores exercícios para turbinar seu bumbum em casa? Afinal de contas, muitas pessoas não possuem tempo ou até mesmo não gostam de ir à academia malhar.

Contudo, é possível sim turbinar seu bumbum em casa, o tonificando e deixando este durinho! Tudo isso, se feito corretamente, trará ótimos resultados sem riscos ao seu condicionamento físico.

Além disso, essa prática é simples e fácil, não exigindo muito esforço. Apenas uma dedicação para sua eficácia.

Também não é necessário comprar materiais de treino para que seja feita sua realização.

Então, continue lendo e confira 10 tipos de exercícios para turbinar seu bumbum em casa a partir de hoje!

10 Exercícios Para Turbinar Seu Bumbum Em Casa

Turbinar-Seu-Bumbum-Em-Casa

Portanto, se você deseja trabalhar os glúteos para ficarem turbinados não é preciso muito.

Basta apenas seguir as 10 dicas de exercícios que irei passar a seguir. Que podem ser postos em prática agora mesmo!

  1. Ponte Deitada:

Sendo assim, o primeiro exercício visa trabalhar os glúteos e alinhar a postura.

Desse modo, para sua realização, deite no chão de barriga para cima. Posicionando os braços esticados e rentes ao corpo.

Em seguida, deixe um dos pés rentes e encostado ao chão, de maneira que a perna esteja dobrada com o joelho para cima.

Ao mesmo tempo que irá levantar uma das pernas, como se apontasse para o alto, levantando o quadril o máximo que conseguir e depois voltando.

  • Série: realize 3 com 15 repetições para cada perna – que deverá ser basicamente a mesma para todos os outros exercícios.
  1. Afundo Perfeito:

Provavelmente, esse é o exercício mais clássico para turbinar seu bumbum em casa.

Além disso, sua realização é bastante simples. Logo, basta se posicionar reta com as mãos juntas em nó, como se rezasse.

Em seguida, dê um passo à frente abaixando seu joelho, ou seja, de forma que sua perna fique dobrada como se sentasse. E o outro joelho encoste no chão.

  • Dica: o joelho de trás deve formar um ângulo de 90º, os pés se alinhando ao quadril e costas eretas.
  1. Equilíbrio:

Outra prática bastante simples. Para isso você deverá se equilibrar em apenas um pé.

Irá flexionar sua outra para cima, alinhada ao tronco. Para isso, deve-se dobrar o joelho e segurá-lo com a mão levemente.

O ideal, é se manter na posição por cerca de 20 segundos. Depois desse tempo, mantenha a perna base esticada.

Flexionando então, a perna para o lado, dando abertura e mantendo por mais 20 segundos.

  1. Fortalecimento de Coxa:

O quarto exercício, além de bom para os glúteos, também ajuda a fortalecer os músculos da coxa.

Isso porque, você deve ficar de pé e manter uma perna base. Em seguida, incline seu tronco ficando reta, e alinhe a outra perna (deitando) para deixar o corpo reto.

Agora, com os braços esticados para baixo, incline-se para encostar as mãos no chão.

  1. Glúteos Alongados:

Em quinto lugar, encontra-se o alongamento perfeito para esse músculo ser turbinado.

Novamente, você irá se inclinar em um pé, cruzando a outra perna por cima do joelho como se fosse sentar.

Então, incline o tronco levemente a frente e com a mão, faça “força” como se fosse empurrar o joelho por cima ao chão. Permaneça assim por 20 segundos!

  1. Agachamento com Cadeira:

Em geral, todo mundo possui uma cadeira em casa, e agora você irá usá-la! Isso mesmo, posicione-se reta atrás de uma cadeira.

Então, deixe a coluna ereta e os pés paralelos, apoie as mãos na cadeira e agache até ficar em 90 graus.

  • Série: 3 séries com 20 repetições.
  1. Avanço com Cadeira:

Sendo provavelmente o exercício mais fácil, ele se assemelha ao afundo perfeito.

Entretanto, utilizando uma cadeira em auxílio. Logo, você irá posicionar um pé na cadeira.

Mantendo a outro pé no chão, encostando apenas a sua ponta enquanto flexiona o joelho.

Em seguida, suba na cadeira sem dar impulso. A princípio, pode ser difícil, mas depois se tornará mais fácil.

  • Série: mantenha a mesma quantidade, só que com apenas 10 repetições.
  1. Afundo Com Cadeira:

Seguindo ainda, as práticas com auxílio de um item comum de qualquer casa.

Agora você irá ficar de costas para ela. Dessa forma, apoiando o peito do pé nela, enquanto o outro fica de base.

Depois, flexione o joelhos se agachando deixando a perna da frente reta e a de trás apontada para baixo.

  • Dica: mantenha a coluna reta e os pés alinhados com o quadril. Aqui, faça também apenas 10 repetições.
  1. Agachamento Angular:

Inicie então esse exercício com pés e calcanhares juntos. Mas posicione os pés em 45° em relação ao corpo.

Com um dos pés, dê um passo para o lado com o quadril alinhado, sem sair do eixo inicial.

Enquanto for agachar, utilize um peso se possível posicionado a frente e voltado para baixo.

  • Série + Dica: aqui, você irá fazer 20 repetições. E em relação a alterar a perna, falamos sobre dar um passo para o lado. Caso você não tenha nenhum peso, pode utilizar uma garrafa pet cheia de água e deitada.
  1. Alongando a Perna:

Por fim, o último exercício para turbinar seu bumbum em casa, é extremamente fácil.

Basta posicionar um pé à frente do corpo esticando-o. Logo, você irá inclinar seu tronco para frente.

Aqui, o objetivo é com uma das mãos alcançando o pé que está à frente, e puxar sua ponta para cima.

  • Dica: Deixe sua coluna reta e os ombros alinhados.

Conclusão

Turbinar-Seu-Bumbum-Em-Casa

Desse modo, vimos que é possível turbinar seu bumbum em casa sem precisar de muito.

Ou seja, basta apenas utilizar o seu próprio corpo com acessórios comuns que encontramos em casa.

Além disso, você pode alternar as práticas diariamente para não se tornar repetitivo.

Portanto, faça de 2 a 3 por dia, todos os dias da semana. Trocando assim, o tipo de acordo com sua vontade.

Como, por exemplo, selecionando um “dia da cadeira” no qual, você fará apenas os exercícios que usa esse objeto!

Ainda possui alguma dúvida sobre a realização dos exercícios? Deixe sua dúvida nos comentários e compartilhe com outras pessoas.